Bem Vindo. O Mundo é Seu.



Água - Fonte de Vida
Planeta Água
Planeta Água.
“Guilherme Arantes”

Água que nasce na fonte serena do mundo
E que abre o profundo grotão
Água que faz inocente riacho e deságua
Na corrente do ribeirão
Águas escuras dos rios
Que levam a fertilidade ao sertão
Águas que banham aldeias
E matam a sede da população
Águas que caem das pedras
No véu das cascatas ronco de trovão
E depois dormem tranqüilas
No leito dos lagos, no leito dos lagos
Água dos igarapés onde Iara mãe d'água
É misteriosa canção
Água que o sol evapora
Pro céu vai embora
Virar nuvens de algodão
Águas que movem moinhos
São as mesmas águas
Que encharcam o chão
E sempre voltam humildes
Pro fundo da terra, pro fundo da terra
Terra planeta água ... terra planeta água
Terra planeta... água... água


As mais bonitas imagens da Terra, aquelas que são agradáveis aos olhos, à imaginação, as que são um convite ao relaxamento, sempre têm a água em sua composição: as ondas do mar, as cachoeiras, um riacho cristalino, a neve sobre as montanhas, os lagos espelhados, a chuva caindo sobre as plantas, o orvalho...

A ciência tem demonstrado que a vida se originou na água e que ela constitui a matéria predominante nos organismos vivos. É impossível imaginar um tipo de vida em sociedade que dispense o uso da água: água para beber e cozinhar; para a higiene pessoal e do lugar onde vivemos; para uso industrial; para irrigação das plantações; para geração de energia; e para navegação.

A água é um elemento essencial à vida. Mas, a água potável não estará disponível infinitamente. Ela é um recurso limitado. Parece inacreditável, já que existe tanta água no planeta! A água tem se tornado um elemento de disputa entre nações. Um relatório do Banco Mundial, datado de 1995, alerta para o fato de que "as guerras do próximo século serão por causa de água, não por causa do petróleo ou política".
Site - TV Cultura
http://www.tvcultura.com.br/aloescola/ciencias/agua-desafio/index.htm


Água é vida

Há uma expressão usada por muitas pessoas que diz: “o planeta deveria se chamar Água” e não Terra. Isso se deve ao fato de que 2/3 de sua superfície são dominados pelos vastos oceanos.

Os pólos e suas vizinhanças estão cobertos pelas águas sólidas das gigantescas geleiras. A pequena quantidade de água restante divide-se entre a atmosfera, o subsolo, os rios e os lagos. Estimam-se em cerca de 1,35 milhões de quilômetros cúbicos o volume total de água na Terra.


DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS DA ÁGUA

1. A água faz parte do patrimônio do planeta. Cada continente, cada povo, cada região, cada cidade, cada cidadão é plenamente responsável aos olhos de todos.

2. A água é a seiva do nosso planeta. Ela é a condição essencial de vida e de todo ser vegetal, animal ou humano. Sem ela não poderíamos conceder como são a atmosfera, o clima, a vegetação, a cultura ou a agricultura. O direito à água é um dos direitos fundamentais do ser humano: o direito à vida, tal qual é estipulado no Art. 30 de Declaração Universal dos Direitos Humanos.

3. Os recursos naturais de transformação da água em água potável são lentos, frágeis e muito limitados. Assim sendo a água deve ser manipulada com racionalidade, preocupação e parcimônia.

4. O equilíbrio e o futuro de nosso planeta dependem da preservação da água e dos seus ciclos. Estes devem permanecer intactos e funcionando normalmente, para garantir a continuidade da vida sobre a Terra. Este equilíbrio depende, em particular, da preservação dos mares e oceanos por onde os ciclos começam.

5. A água não é somente uma herança dos nossos predecessores, ela é sobretudo um empréstimo aos nossos sucessores. Sua proteção constitui uma necessidade vital, assim como uma obrigação moral do Homem para as gerações presentes e futuras.

6. A água não é uma doação gratuita da natureza, ela tem um valor econômico: é preciso saber que ela é, algumas vezes, rara e dispendiosa e que pode muito bem escassear em qualquer região do mundo.

7. A água não deve ser desperdiçada, nem poluída, nem envenenada. De maneira geral, sua utilização deve ser feita com consciência e diascernimento, para que não se chegue a uma situação de esgotamento ou de deterioração de qualidade das reservas atualmente disponíveis.

8. A utilização da água implica o respeito à lei. Sua proteção constitui uma obrigação jurídica para todo o homem ou grupo social que a utiliza. Esta questão não deve ser ignorada nem pelo Homem nem pelo Estado.

9. A gestão da água impõe um equilíbrio entre os imperativos de sua proteção e as necessidades de ordem econômica, sanitária e social.

10. O planejamento da gestão da água deve levar em conta a solidariedade e o consenso em razão de sua distribuição desigual sobre a Terra.


Onde está a água no planeta?

97,5% da água disponível na Terra é salgada e está em oceanos e mares.
2,5% é doce, mas se encontra em geleiras ou regiões subterrâneas de difícil acesso.
0,007% é doce e encontrada em rios, lagos e na atmosfera de fácil acesso para o consumo do homem. Pode ser usada pelo homem. .


A água do mar pode ser utilizada pelo home?

A água do mar apresenta aproximadamente 3,3% de sais dissolvidos (principalmente NaCl(aq)). .
Uma pessoa pode beber água com até 5g de sal/kg de água. .
Os oceanos contêm 35 g de sal/kg de água (7 vezes mais).

A água do mar também não pode ser usada na agricultura ou na indústria.
O excesso de sal mataria as plantações (também por osmose); .
Deterioraria maquinários, entupiria válvulas e explodiria caldeiras.

Para que a água dos oceanos possa ser usada é necessário que o sal seja retirado. Todos os métodos de dessalinização consomem grandes quantidades de energia.
Os custos pra aproveitamento da água do mar, para o uso humano seria muito dispendioso, o equivalente a quase vezes mais o gasto em relação ao aproveitamento da água de mananciais.


Curiuosidade.

70% do corpo humano é formado por água.
Todas as atividades realizadas pelo corpo humano, depende da água. São centenas de reações químicas que dependem da água.

O Brasil e a água

O Brasil tem 11,6 de água doce superficial do mundo. .
Os 70 % da água disponíveis para uso estão localizados na Região Amazónica. .
Os 30% restantes distribuem-se desigualmente pelo País, para atender a 93% da população.


O impacto da falta de água no Planeta

As previsões mais otimistas indicam que dentro de 50 anos a água potável será tão rara a disputada quanto o petróleo é hoje. Muito antes de a água deixar de existir nos oceanos, o que pode ser improvável, ela vai secar sua torneira. .
O que é muito provável. Apenas 0,65% da água do mundo é água doce, potável, própria para o consumo humano. E se não tomamos consciência do problema, o planeta vais sofrer, o Brasil vai sofrer, sua cidade vai sofrer, a agricultura vai sofrer, a industria vai sofrer, sua casa vai sofrer, sua família vai sofrer, seu futuro vai sofrer. .
.

Conscientização

As pessoas desperdiçam água porque acham que a água nunca vai acabar. Isto é triste. Muito triste. Sem água não há trabalho, não há vida. Os níveis de água doce no Brasil e no mundo vêm diminuindo a cada ano que passa. É preciso fazer urgentemente alguma coisa para acabar com o desperdício de água. Enquanto ainda existe água.

O que você está vendo abaixo, na segunda foto, não é a foto de um planeta distante. Talvez seja a própria Terra num futuro, que, infelizmente, pode não ser tão distante.


Como economizar água?

Tomar banho.
Em um banho de 15 minutos, voc~e gasta 240 litros de água. Desligue o chuveiro quando estiver se ensaboando.

Escovar os dentes.
Quando escovar os dentes com a torneira aberta 5 minutos, você gasta 80 litros de água. O certo é escovar primeiro, depois abrir a torneira apenas e necessário para encher um compo e enxaguar a boca.

Dar descarga.
Quando aperta o botão da descarga, você gasta 2 litros de água por segundo. Aperte apenas o tempo necessário e não jogue lixo na privada.

Lavar.
Quando você lavar louça com a torneira da pia aberta durante 15 minutos, você gasta 243 litros de água. Ensaboe os abjetos primeiros e depois enxágüe tudo de uma só vez.

Lavar.
Uma mangueira aberta 30 minutos gasta 600litros de água. O certo é você usar um balde, gastando 60 litros no máximo.

Regar.
O melhor é dar preferência a plantas que precisam de pouca água, e regar sempre à noite.

Evite o pinga-pinga.
Verifique sempre as instalações hidráulicas e conserte os vazamentos: um buraco de 2 milímetro causa um desperdício de 3.200 litros de água por dia, ou seja mais de 3 caixas d´água. .


ÁGUA

Carta escrita em 2070

Estamos no ano de 2070, acabo de completar os 50, mas a minha aparência é de alguém de 85. Tenho sérios problemas renais porque bebo muito pouca água. Creio que me resta pouco tempo. Hoje sou uma das pessoas mais idosas nesta sociedade. Recordo quando tinha 5 anos. Tudo era muito diferente. Havia muitas árvores nos parques, as casas tinham bonitos jardins e eu podia desfrutar de um banho de chuveiro com cerca de uma hora. Agora usamos toalhas em azeite mineral para limpar a pele. Antes todas as mulheres mostravam a sua formosa cabeleira. Agora devemos rapar a cabeça para a manter limpa sem água. Antes o meu pai lavava o carro com a água que saía de uma mangueira. Hoje os meninos não acreditam que a água se utilizava dessa forma. Recordo que havia muitos anúncios que diziam CUIDA DA AGUA, só que ninguém lhes ligava; pensávamos que a água jamais se podia terminar.
Agora, todos os rios, barragens, lagoas e mantos aqüíferos estão irreversivelmente contaminados ou esgotados. Antes a quantidade de água indicada como ideal para beber era oito copos por dia por pessoa adulta. Hoje só posso beber meio copo. A roupa é descartável, o que aumenta grandemente a quantidade de lixo; tivemos que voltar a usar os poços sépticos (fossas) como no século passado porque as redes de esgotos não se usam por falta de água. A aparência da população é horrorosa; corpos desfalecidos, enrugados pela desidratação, cheios de chagas na pele pelos raios ultravioletas que já não têm a capa de ozônio que os filtrava na atmosfera. Imensos desertos constituem a paisagem que nos rodeia por todos os lados. As infecções gastrintestinais, enfermidades da pele e das vias urinárias são as principais causas de morte. A industria está paralisada e o desemprego é dramático. As fábricas dessalinizadoras são a principal fonte de emprego e pagam-te com água potável em vez de salário. Os assaltos por um bidão de água são comuns nas ruas desertas. A comida é 80% sintética. Pela ressiquidade da pele uma jovem de 20 anos está como se tivesse 40. Os cientistas investigam, mas não há solução possível.
Não se pode fabricar água, o oxigênio também está degradado por falta de árvores o que diminuiu o coeficiente intelectual das novas gerações. Alterou-se a morfologia dos espermatozóides de muitos indivíduos, como conseqüência há muitos meninos com insuficiências, mutações e deformações. O governo até nos cobra pelo ar que respiramos. 137 m3 por dia por habitante e adulto.
A gente que não pode pagar é retirada das "zonas ventiladas", que estão dotadas de gigantescos pulmões mecânicos que funcionam com energia solar, não são de boa qualidade mas pode-se respirar, a idade média é de 35 anos. Em alguns países ficaram manchas de vegetação com o seu respectivo rio que é fortemente vigiado pelo exercito, a água tornou-se um tesouro muito cobiçado mais do que o ouro ou os diamantes.
Aqui em troca, não há arvores porque quase nunca chove, e quando chega a registrar-se precipitação, é de chuva ácida; as estações do ano tem sido severamente transformadas pelas provas atômicas e da industria contaminante do século XX. Advertia-se que havia que cuidar o meio ambiente e ninguém fez caso.
Quando a minha filha me pede que lhe fale de quando era jovem descrevo o bonito que eram os bosques, lhe falo da chuva, das flores, do agradável que era tomar banho e poder pescar nos rios e barragens, beber toda a água que quisesse, o saudável que era a gente. Ela pergunta-me: Papai! Porque se acabou a água? Então, sinto um nó na garganta; não posso deixar de sentir-me culpado, porque pertenço à geração que terminou destruindo o meio ambiente ou simplesmente não tomamos em conta tantos avisos. Agora os nossos filhos pagam um preço alto e sinceramente creio que a vida na terra já não será possível dentro de muito pouco porque a destruição do meio ambiente chegou a um ponto irreversível. Como gostaria voltar atrás e fazer com que toda a humanidade compreendesse isto quando ainda podíamos fazer algo para salvar o nosso planeta terra!" Documento extraído da revista biográfica "Crónicas de los Tiempos" de Abril de 2002.
Autor desconhecido.


Faça sua parte

Nós moradores desse maravilhoso planeta com 6.800.000.000 de vizinhos, temos que ter consciência que a água é algo muito precioso. Logo devemos preservar esse bem. Hoje, mesmo de maneira inconsciente, podemos até nos dar ao luxo de esbanjar esse tesouro.
Com o crescimento da população, a necessidade de expandir a agricultura será imensa, isso tudo representa um gasto muito maior de água no futuro.

É lógico que a água não vai acabar....... mas poderá ficar escassa se a população não economizar. Nossas futuras gerações irão depender da nossa cooperação.
Ajude a preservar esse tesouro.



A onde se esbanja



A onde faz falta



Página inicial
Volte ao Menu