Betinho



Herbert de Souza
Sociólogo - Liderou a campanha contra a fome em todo o Brasil
Morreu em 09/08/1997, aos 61 anos.
Causa: Aids
Era hemofílico e foi vítima do descaso das autoridades de saúde

Sociólogo mineiro (1935-1997). Seu nome completo é Herbert de Souza. Em 1993, articula a formação da Ação da Cidadania Contra a Miséria e pela Vida, mais conhecida como Campanha contra a Fome. No início da década de 60, é um dos fundadores da Ação Popular (AP), movimento revolucionário ligado à Juventude Universitária Católica que luta pela implantação do socialismo no Brasil. Assessor do Ministério da Educação no Governo João Goulart, após o golpe militar de 1964 passa sete anos na clandestinidade, atuando na AP, e oito no exílio (Chile, Panamá, Canadá e México).

Volta ao Brasil em 1979 e cria o Instituto Brasileiro de Análises Sociais e Econômicas (Ibase), organização não-governamental, suprapartidária e supra-religiosa. Ganha, em 1991, o Prêmio Global 500, do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, pela sua luta por reforma agrária e defesa dos indígenas. Em 1993, articula a Campanha Contra a Fome, que, sem ajuda financeira do governo, em dois anos estabelece 5 mil comitês por todo o país e distribui toneladas de alimentos para a população carente. Por essa iniciativa, em 1994, o ex-presidente Itamar Franco indica Betinho para o Prêmio Nobel da Paz. No governo Fernando Henrique, torna -se membro do Conselho da Comunidade Solidária, que substitui a Legião Brasileira de Assistência (LBA) e é presidido pela primeira-dama Ruth Cardoso. Hemofílico e portador do vírus da Aids, como seu irmão, o cartunista Henfil (1944-1988), escreve A Cura da Aids (1994), no qual afirma que a cura da doença é questão de tempo. Em 1995, a Ação da Cidadania, através da campanha Democracia na Terra, passa a dar prioridade à luta pela democratização da propriedade agrícola como forma de combater a fome e o desemprego. Os comitês da Ação devem desenvolver projetos para democratização da terra e cobrar do Governo Federal ações na área de política agrícola e fundiária. Faleceu devido a fraqueza de seu organismo, causado pela Aids, quanto aos medicamentos fortes que era obrigado a tomar... Seu último pedido, um copo geladinho de cerveja, foi realizado. O Brasil inteiro lamentou a perda de um de seus maiores heróis.